LUGARES DE MEMÓRIA: OS JUDEUS NA CIDADE DE CAMPINAS

Ariel Elias do Nascimento

Resumo


No início do século XX, Campinas se destaca como uma cidade em crescimento. Este crescimento apresenta inúmeros aspectos dos quais, o que será abordado neste artigo, é a imigração judaica. A presença da coletividade judaica em Campinas do século XX provém de um contingente imigratório que, em sua maioria, compõem-se de poloneses. Neste sentido, o presente artigo abordará como que esta coletividade judaica, presente na cidade de Campinas, construiu seus espaços de memória. Abordará também como que estes espaços de memória dialogam com a própria formação da cidade de Capinas, construindo um mosaico entre a vida pública e a vida privada, tracejada pelo rememorar das histórias de vida. 

Palavras-chave


Campinas, século XX, judeus, lugares de memória, cidade.

Texto completo:

PDF


Resultado de imagem para PROPESQ UNIR