Concepções de gestão educacional: práticas e desafios no interior da Amazônia

Lucas de Vasconcelos Soares, Maria Lília Imbiriba Sousa Colares, Lílian Aquino Oliveira

Resumo


O artigo analisa concepções de Gestão Educacional em uma escola da rede pública municipal, de uma realidade localizada na região amazônica do Brasil. Teve por objetivo geral identificar as concepções de Gestão Educacional definidas no Projeto Politico Pedagógico (PPP) e aplicadas na instituição do estudo, reconhecendo a relação entre o escrito e o feito. Por meio de uma pesquisa de campo e documental, com caráter comparativo, apropriou-se das seguintes técnicas de coleta de dados: 1) Pesquisa bibliográfica; 2) Análise documental; e 3) Aplicação de entrevista semiestruturada. Os resultados do estudo revelam incoerências entre a proposta do PPP e as práticas desenvolvidas na instituição, identificando três diferentes concepções de Gestão Educacional. Revela-se ainda a ineficiência das políticas públicas educacionais no cumprimento de suas intencionalidades e definições atribuídas a escola pública.


Palavras-chave


Gestão Educacional. Projeto Político Pedagógico. Políticas Públicas Educacionais.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Senado, 1988. Disponível em: Acesso: 15.01.2020.

_______. Lei Nº 9.394/96: Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB. Brasília, DF: Senado, 1996. Disponível em: Acesso: 15.01.2020.

_______. Lei Nº 13.005 de 25 de junho de 2014: aprova o Plano Nacional de Educação – PNE (2014-2024). Brasília, DF: Câmara dos deputados, 2014. Disponível em: Acesso: 15.01.2020.

COLARES, Anselmo Alencar; COLARES, Maria Lília Imbiriba Sousa. Do autoritarismo repressivo à construção da democracia participativa. Campinas, SP: Autores Associados, 2003.

DOURADO, Luiz Fernandes. Gestão da Educação Escolar. Brasília: Universidade de Brasília, Centro de Educação a Distância, 2006.

GOERGEN, Pedro. Gestão Educacional: entre instrumentalização e formação. Revista Exitus. UFOPA, Santarém, vol. 3, nº 1, 2013, p. 35-46. Disponível em: Acesso: 11.02.2020.

LÜCK, Heloísa. Gestão Educacional: uma questão paradigmática. 9ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

ÓBIDOS. Conselho Municipal de Educação. Resolução Nº 003 de 09 de dezembro de 2014. Disponível em: Acesso: 15.01.2020.

PARO, Vitor Henrique. Gestão democrática da escola pública. 3. ed. São Paulo: Ática, 2000.

Projeto Político Pedagógico da Escola Municipal DFL. Secretaria Municipal de Educação. Óbidos, PA: SEMED, 2018 (material impresso).

SALES, Márcea Andrade; BARRETO, Maria das Graças Reis. PPP na educação em prisões: estratégias para a educação de jovens e adultos privados de liberdade. Revista Educa. UNIR, Porto Velho, vol. 6, nº 16, 2019, p. 403-423. Disponível em: Acesso: 11.02.2020.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

Sites consultados:

QEdu. Consultas Educacionais. Censo Escolar 2018: Escola DFL (Óbidos, PA). Plataforma educacional, 2018. Disponível em: Acesso: 10.12.2019.




DOI: https://doi.org/10.26568/2359-2087.2020.4938



Direitos autorais 2020 EDUCA - Revista Multidisciplinar em Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Revista EDUCA     |     e-ISSN 2359-2087     |     DOI https://doi.org/10.26568

A Revista Educa é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto.

Educa Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Educa es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.