LEVANTAMENTO LEXICAL DE PALAVRAS ENCONTRADAS NOS CENTROS DE UMBANDA DO MUNICÍPIO DE NOVA MAMORÉ, RONDÔNIA E A BUSCA ETIMOLÓGICA DOS BANTUISMOS BRASILEIROS

Antonio Elias Nascimento, Dante Ribeiro da Fonseca

Resumo


O artigo parte de uma percepção histórica da penetração dos cultos afro-brasileiros no estado de Rondônia. Na primeira parte é estabelecida a perspectiva histórica, considerando o impacto e o aporte da escravidão negra na Amazônia. Procura ainda demonstrar os aspectos que os negros africanos e seus descendentes deixaram na cultura da sociedade brasileira, particularmente na cultura religiosa, observando a umbanda como uma religião de matriz africana com aportes europeus e indígenas. Ainda, Em seguida situa a origem dos centros de umbanda existentes no município de Nova Mamoré dentro da perspectiva da migração recente, momento no qual esses centros se instituíram. Elabora sua etnografia, de modo a estabelecer a tradição dos cultos como uma variante dos padrões do uso das palavras de possível origem bantu. Finalmente, aborda a realização de um levantamento lexical com o objetivo de identificar os possíveis bantuismos brasileiros falados no Centro de Umbanda Deus é por mim, do Município de Nova Mamoré, em Rondônia. A identificação baseia-se na entrevista com o pai-de-santo e os participantes do referido terreiro e é pautada na necessidade de mais estudos direcionados à determinação dos aportes lingüísticos de origem africana e especialmente bantu no português brasileiro. O objetivo principal do artigo é, através de um léxico de 250 palavras que não aparentam ter uma procedência portuguesa, verificar o percentual de bantuismos brasileiros presumidos, utilizados pelos freqüentadores dos centros de Nova Mamoré.


Palavras-chave


Religião, léxicos, bantuismos, cultos afro-brasileiros.

Texto completo:

PDF


Campus da Universidade Federal de Rondônia

Centro de Documentação e Estudos Avançados sobre Memória e Patrimônio de Rondônia - CDEAMPRO

BR 364, Km 9,5 - CEP: 78900-000 - Porto Velho - RO

E-mail: luciano_leal_lima@msn.com