NÍVEIS DE PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA DOS ACADÊMICOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA ULBRA DE PORTO VELHO-RO

Silvia Teixeira de Pinho, Julio Goncaves Barbosa

Resumo


O crescente avanço da mecanização, automação e informatização nos últimos séculos,característicos de uma população industrializada, têm provocado mudanças consideráveis no estilode vida humano (GONÇALVES & VILARTA, 2004). A inatividade física vem como um dos fatoresfundamentais no surgimento de doenças crônico-degenerativas. Para Weinek (2005), o organismohumano necessita de um corpo que se mantenha ativo, sendo assim, o nível inadequado de atividadefísica vai se manifestar na forma das denominadas doenças do sedentarismo – doençashipocinéticas. Cada vez mais evidente nas grandes e pequenas cidades com a falta de atividadefísica relacionado ao avanço tecnológico também foi notável o surgimento de doenças intituladasdoenças crônico degenerativas e com isso a necessidade de diversos estudos investigativos paraapontar os principais fatores relacionados a essas doenças.

Texto completo:

PDF