COMPARAÇÃO ENTRE OS NÍVEIS DE FLEXIBILIDADE DE CRIANÇAS ENTRE 7 E 10 ANOS DE UMA ESCOLA PÚBLICA E UMA PARTICULAR DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO

Rosimary C. G. Maio, Rafaela E. G. Silva, Adriane C. Silva, Eliane Elicker

Resumo


Considerando que a flexibilidade é uma qualidade física fundamental para a manutenção de níveisseguros de prevenção de algumas patologias musculares e posturais e que se não treinada tende adecair, este estudo avaliou e comparou os níveis de flexibilidade dos músculos posteriores da coxa(isquiotibiais) em crianças de ambos os sexos e idade variando entre 7 e 10 anos. Neste estudoquantitativo foram avaliadas 84 crianças, sendo 35 da rede particular e 49 da rede pública de ensinodo município de Porto Velho. Para avaliar a flexibilidade foi utilizado o teste de sentar e alcançar sembanco (PROESP – BR, 2007). O resultado apontou que pelo menos 20% das crianças apresentamresultado variando entre Muito Fraco, Fraco e Razoável e 80% variando entre Bom, Muito Bom eExcelente, e realizando a comparação percebeu-se que pelo menos 20% das crianças da escolapública apresentaram índices melhores de flexibilidade sugerindo que estas são mais ativas que asoutras e ainda que as crianças, tanto da escola particular como da pública que as outras e ainda queas crianças, tanto da escola particular como da pública, apresentaram melhores índices na fase prépúbere.

Texto completo:

PDF