Palha de café e de arroz na produção de mudas de Freijó

Andreza Mendonça, Raissa Fonseca Ferreira, Geraldo Guilherme Pinheiro, Jhonatas Cortes Rosa, Rosalvo Stachiw, Elvino Ferreira

Resumo


O Freijó (Cordia goeldiana Huber) é uma espécie florestal nativa da Amazônia que apesar de seu interesse comercial tem no tipo de substrato um dos entraves para produção de mudas. Portanto, este trabalho teve como objetivo avaliar o desenvolvimento de mudas de freijó usando-se as combinações de areia, palha de café e palha de arroz em Latossolo para sua produção. O experimento foi desenvolvido em viveiro com 50% de sombreamento sendo as mudas avaliadas para altura da parte aérea; matéria seca da parte aérea; diâmetro do colo, matéria seca de raízes e o índice de qualidade de Dickson, após 120 dias de idade. O delineamento empregado foi inteiramente casualizado, com 15 repetições. Após análise de variância as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. O uso de substrato composto de solo, areia e palha de café proporcionou a melhor relação em altura e diâmetro do colo (7,03) e índice de qualidade de Dickson (0,59). Sua associação com a palha de arroz não gerou diferença significativa para o índice de qualidade de Dickson (0,58). Na produção de mudas de freijó recomenda-se o aproveitamento da palha de café ou palha de café com palha de arroz descartada pelos produtores em Rondônia.


Texto completo:

Sem título


Contador de Acessos/ Access Counter


Mapa de Acessos/ Access Map