FATORES LOGÍSTICOS QUE INTERFEREM NO ATENDIMENTO DE CAMPO DE UMA COOPERATIVA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA RURAL

Maristela Oliveira, Cristiano Henrique Antonelli Da Veiga

Resumo


O trabalho foi motivado pelo crescimento e pela importância do setor elétrico brasileiro para o desenvolvimento das pequenas propriedades rurais, bem como pelas inúmeras dificuldades logísticas enfrentadas pelas equipes de manutenção em atender as solicitações de distribuição de energia elétrica para o associado/consumidor rural. Com este objetivo foi realizada uma pesquisa com colaboradores da Creluz Distribuidora, localizada no município de Pinhal, Rio Grande do Sul, cujo intuito foi identificar e analisar os fatores logísticos que interferem para o atendimento de manutenção de distribuição de energia elétrica no meio rural, medindo, na opinião dos colaboradores, o grau de interferência desses na qualidade dos serviços prestados. Como resultados pode-se observar como fatores logísticos que interferem no atendimento as grandes distâncias percorridas pelas equipes de campo e o mau estado de conservação das vias de acesso ao meio rural. Foi proposta a realização de um plano de ação para minimizar esses fatores e para que eles não venham a causar maiores interferências na qualidade dos serviços prestados pela cooperativa.


Palavras-chave


Distribuição de energia rural, logística, atendimento, Cooperativa de energia elétrica rural.

Texto completo:

PDF


INDEXADORES

 

Logo DIADORIM
Este Periódico possui Licença Creative Commons CC BY-NC-ND 4.0

 

contador grátis