ANÁLISE AMBIENTAL NA AMAZÔNIA BRASILEIRA: O CASO DA REGIÃO NORTE DO BRASIL A PARTIR DOS ANOS 2000

Mário Sérgio Pedroza Lobão, Charles Carminati de Lima, Jefferson Andronio Ramundo Staduto

Resumo


O objetivo deste estudo foi traçar um panorama ambiental da região Norte brasileira a partir dos anos 2000. Foram utilizados indicadores que proporcionaram uma visão ambiental do território estudado, cujo resultado permitiu explicar as relações assumidas e desencadeadas pela ação humano na região, a partir dos anos 2000. Como variáveis de estudo, utilizou-se aquelas que relacionam os aspectos de proteção ambiental, uso e destinação do solo, bem como a incidência de produtos químicos, como o caso dos agrotóxicos decorrentes da ação humana. Como principais resultados pôde-se observar que a região Norte do Brasil ainda preserva seus recursos naturais e que ainda possui a maior faixa de floresta do país, especialmente por questões institucionais que impõe a obrigatoriedade de se manter intacta 80% das propriedades rurais com florestas primárias, sem contar as grandes áreas de preservação e reserva legal destinadas, exclusivamente, para estes fins. Porém a degradação e devastação ambiental têm se intensificado na região, principalmente com a ocupação desordenada e atividades predatórias ilegais como o desmatamento e queimadas, bem como o avanço da fronteira agrícola de produção, que requer novas áreas para o aumento produtivo e o uso de diversos aditivos químicos que acabam contaminando os solos e rios da região.

Palavras-chave


Amazônia Brasileira; Indicadores Ambientais; Meio Ambiente; Região Norte do Brasil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18361/2176-8366/rara.v10n1p59-82

INDEXADORES

 

Logo DIADORIM
Este Periódico possui Licença Creative Commons CC BY-NC-ND 4.0

 

contador grátis