Análise dos aspectos bioeconômicos da IATF

Uilhans Alex Peruffo, Ana Cláudia Barroso

Resumo


O estudo pretendeu obter informações sobre a técnica de IATF, noções de custos na aquisição de produtos, medicamentos e sêmen a serem utilizados. Sendo assim, buscou-se analisar os aspectos bioeconômicos da IATF para implantação no Sítio Santo Antônio. O método de procedimento utilizado foi o estudo de caso em conjunto com o método comparativo, onde fez-se a comparação do Sistema de Monta Natural com a IATF por meio da Análise de Custo-Benefício (ACB). Os indicadores utilizados foram o Valor Presente Líquido (VPL), a Taxa Interna de Retorno (TIR) e a Relação Benefício-Custo (B/C). O trabalho foi realizado no Sítio Santo Antônio, localizado a 13 Km de Monte Negro e a 55 Km de Ariquemes, onde conta hoje com uma área de 99 alqueires. A realização da pesquisa foi feita através de entrevista com o proprietário do Sítio Santo Antônio, onde se obteve dados do sistema de Monta Natural. Os dados do sistema de IATF foram obtidos com o proprietário do Sítio Peruffo II, através de entrevista, onde o mesmo informou custos com protocolos de IATF. Os dois sistemas apresentam um bom retorno financeiro, contudo, ao se comparar a TIR com a TMA, tem-se que a Monta Natural não apresenta-se rentável.

Palavras-chave


IATF, Monta Natural, Análise Custo-Benefício.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18361/2176-8366/rara.v10n3p124-138

INDEXADORES

 

Logo DIADORIM
Este Periódico possui Licença Creative Commons CC BY-NC-ND 4.0

 

contador grátis