ABRANGÊNCIA MÍNIMA DOS TRABALHOS DE AUDITORIA INTERNA EM EMPRESAS DO VAREJO

Miriane Cristina Pereira

Resumo


O presente estudo busca identificar os campos de atuação e o papel da auditoria interna em empresas varejistas, demonstrando assim, através da coleta das informações de profissionais de auditoria que atuam em empresas do varejo, quais as ferramentas, métodos, áreas auditáveis e o escopo dos trabalhos que uma área de auditoria interna deverá realizar dentro das entidades onde atuam. O estudo demonstra que o auditor interno necessita ter conhecimentos multidisciplinares, além do próprio negócio onde a empresa está inserida, sempre deverá atuar avaliando a relação dos benefícios dos controles e das medidas adotadas em relação aos custos de implanta-las. A visão de se buscar fazer mais e cada vez melhor e com menos recursos, também, é imprescindível. É importante ressaltar que a auditoria interna, por ser um órgão de assessoria e não de linha, a coloca em risco por ocasiões de cortes e reduções de gastos nas empresas, por isso, se faz necessário que o auditor interno saiba realizar seu marketing pessoal mostrando assim que os ganhos trazidos pelo seu trabalho superam os gastos com as manutenção do departamento de auditoria interna, justificando sua manutenção e até de investimentos na citada área.       

Palavras-chave: Comércio. Varejo. Atacado. Auditoria.


Palavras-chave


Comércio. Varejo. Atacado. Auditoria.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18361/2176-8366/rara.v10n2p20-34

INDEXADORES

 

Logo DIADORIM
Este Periódico possui Licença Creative Commons CC BY-NC-ND 4.0

 

contador grátis