A PERCEPÇÃO DOS MICROEMPREENDEDORES INDIVIDUAIS QUANTO À ADESÃO A LEI 128/2008

FRANCIELE SAMPAIO GUTIERREZ, HAROLDO DE SÁ MEDEIROS

Resumo


Esta pesquisa tem por objetivo analisar a percepção de Microempreendedores Individuais quanto à adesão a Lei 128/2008 (Lei do MEI). Para o levantamento de dados, foram realizadas entrevistas semiestruturadas. Os principais resultados demonstraram que a inscrição do MEI não é simples e gratuita, há deficiência no cumprimento da lei quando alguns escritórios de contabilidade optantes pelo Simples Nacional cobram para formalizar o MEI, inclusive para confeccionar a primeira Declaração Anual Simplificada (DAS) exigida no cadastro, que deveria ser gratuita. O CNPJ e os benefícios previdenciários são os aspectos mais positivos da lei, havendo grande insatisfação quanto a créditos e financiamentos.


Palavras-chave


Empreendedorismo; Microempreendedor individual; Lei 128/2008.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18361/2176-8366/rara.v8n2p217-236

INDEXADORES

 

Logo DIADORIM
Este Periódico possui Licença Creative Commons CC BY-NC-ND 4.0

 

contador grátis