O Ensino da Sociologia e Literatura: Currículo e Desafios

Rafael Ademir Andrade de Oliveira

Resumo


Apresentaremos neste ensaio as relações entre sociologia e literatura, as dificuldades e o histórico do ensino de sociologia no ensino médio, alternativa de anexar o ensino com temas apontados pela literatura e apontar a partir de teorias que o ensino de sociologia tendo como apoio didático a literatura é possível.

O ato de ler, escrever e refletir sobre a realidade, expressar sua opinião eram (e são) atividades do escritor e do cientista social e de fato, existem trabalhos que analisam uma atividade a partir da outra, como citarei neste ensaio. Tal qual o jovem Siegfried de Richard Wagner, começo este trabalho.

Desde então, tento desenvolver uma formação dupla: a de cientista social e escritor. Quando mais reflito sobre as duas atividades, mais tenho certeza da aproximação das duas ações, formas de ver o mundo. Tanto enquanto escritor, tanto quanto cientista social (ou professor de sociologia), existe a necessidade de se criar o hábito de ler e escrever, de associar teorias, conceitos, mundos, para se criar uma palavra totalmente nova, um texto que se desprenda de nós, autores, e leve conhecimento ou prazer aos eventuais leitores.

             Durante a graduação em Ciências Sociais, procuramos compreender a função do professor de sociologia enquanto membro ativo da formação do educando. A literatura não surge aqui como único objetivo da disciplina, mas como suporte, como reforço didático para o ensino de sociologia (que possui objetivos específicos).

            Apresento como objetivo inicial da sociologia no ensino médio, como cita Sarandy (2001), o questionamento. Este questionamento aponta para desenvolver o senso crítico do aluno, que em ultima instância significaria refletir acerca de sua própria existência, do real no real, no contato com os diversos grupos e forças sociais: moral, religião, família, política, economia, etc. E para continuar nesta linha de pensamento, a educação, a convivência escolar, tem como objetivo de confrontar o discente com estas diferentes perspectivas sociais, e qual disciplina faria este papel com excelência, se não a sociologia?

Além destes aspectos, a sociologia pode aproximar o discente desta forma de conhecimento que é a literatura. Desenvolver não só a leitura (consegue o educador desenvolver o hábito de leitura no educando com tão poucos encontros anuais?), mas a produção de texto e a uma “história da literatura” (trabalhando de forma multidisciplinar com “literatura” e “artes”).


Texto completo:

PDF