ANÁLISE DAS POLÍTICAS EDUCACIONAIS COM FOCO NO PROJETO JOVEM DE FUTURO NO COTIDIANO ESCOLAR, DA ESCOLA MENEZES PIMENTEL DE POTENGI

Francisco Ytalo de Lima Silva

Resumo


O presente trabalho é resultado de uma discussão elencada sobre políticas educacionais em vigor, no contexto da Escola pública do Estado do Ceará. A instituição escolhida para permear o estudo foi E.E.F.M. Menezes Pimentel, onde a partir de uma entrevista com o um professor da instituição, tentamos relacionar seu relato com o texto “O dualismo perverso da escola pública brasileira: escola do conhecimento para os ricos, escola do acolhimento para os pobres” de José Libâneo. Portanto, nas próximas páginas refletiremos sobre a educação brasileira, no contexto da formação para o trabalho, e da competição como forma de adquirir resultados. O texto será permeado de reflexões sobre o Projeto Jovem de Futuro e seus frutos dentro da instituição, com foco para parceria público e privado, e das consequentes cobranças por resultados, munidos através de competições entre os estudantes. Sendo o processo educacional, gestado no seio do modelo capitalista de produção, cabe-nos refletir sobre as políticas educacionais, com foco nas alianças gestadas dentro do processo, e suas reais consequências, na vida das e dos beneficiários, no caso os estudantes da Escola Menezes Pimentel.  


Palavras-chave


Políticas educacionais; público e privado; ensino médio

Texto completo:

PDF


Periódico com início em 2018.  Avaliação Qualis 2017-2018-  B3
Indexado em: