A POLÍTICA DO IDEB E A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO: IMPACTOS NAS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE FRANCISCO BELTRÃO-PR

Quelli Cristina S. Oliveira

Resumo


Resumo: O presente artigo tem por objetivo analisar a política educacional do IDEB e sua concepção de qualidade, verificando como esta política tem impactado junto das escolas da Rede Municipal de Francisco Beltrão–PR. Os dados apresentados resultam de pesquisa bibliográfica, documental e pesquisa de campo, através de entrevistas semiestruturadas com vinte e quatro educadoras de seis escolas da Rede Municipal de Educação e Núcleo Regional de Educação do Estado do Paraná. Também, foram analisados sessenta e oito cadernos de alunos do ano letivo de 2013, obtidos dos 3º e 5º anos do Ensino Fundamental Anos Iniciais da Rede Municipal de Francisco Beltrão – PR, objetivando de constatar quantitativamente, aproximadamente, dias letivos trabalhados as áreas do conhecimento, Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia e Ciências. Tais elementos auxiliaram para contar hipoteticamente à ênfase que nos últimos anos tem se materializado em ensinar os conteúdos básicos (mínimos), leitura, escrita e resolução de problemas. O artigo está organizado em três partes. Na primeira, explicita a política do IDEB no contexto das avaliações em larga escala. Na segunda, analisa a concepção de qualidade do IDEB e, na terceira, com base em dados empíricos, analisa os impactos da política do IDEB nas escolas da rede municipal de Francisco Beltrão-PR.


Palavras-chave


IDEB, Impacto, Qualidade, Escolas

Texto completo:

PDF


Periódico com início em 2018.  Avaliação Qualis 2017-2018-  B3
Indexado em: