ESTUDOS SOCIOLINGUÍSTICOS SOBRE OS RIBEIRINHOS DO VALE DO GUAPORÉ EM PIMENTEIRAS/RO

Gicelma C. Costa Xavier, Maria do Socorro Pessoa

Resumo


A proposta para desenvolvermos um trabalho junto à comunidade Ribeirinha do Vale do Guaporé foi apresentada como projeto de pesquisa ao nosso curso de Mestrado em Ciências da Linguagem, da Universidade Federal de Rondônia, campus de Guajará-Mirim. Somou-se aos nossos objetivos as proposições do grupo de pesquisa Língua, Cultura e Sociedade Amazônica/Amazônida – GEPS – Grupo de Estudos e Pesquisas Sociolinguísticas, da Universidade Federal de Rondônia, no Campus de Vilhena, do qual fazemos parte como pesquisadora. Nossa linha de pesquisa é “Sociolinguística, Línguas, Linguagens e Culturas Amazônicas/Amazônidas”, e tem como objetivo investigar a situação Sociolinguística de Grupos linguísticos minoritários, na constituição da Sociedade Amazônica/Amazônida. Além disso, pretende-se investigar sobre as Línguas e as Linguagens, bem como sobre a Cultura e o Ensino dessas Línguas e Linguagens, na Rede Pública de Ensino, no sentido de verificar um ensino/aprendizagem que considere a diversidade Linguístico-Cultural existente nesse espaço social. Neste sentido, faremos aqui uma abordagem com o intuído de situar nosso leitor em um ambiente de vida e interação social bastante amplo, visto que consideraremos todo um contexto étno-linguístico-social da comunidade eleita como foco das nossas atenções que, neste estudo é, especificamente, a população Ribeirinha, do Vale do Guaporé, na região de Pimenteiras, RO.


Texto completo:

PDF