O PENSAMENTO HOBBESIANO DE LIBERDADE NO PRÉ E NO PÓS-PACTO LEVIATÂNICO

WILLIAM ROSA MIRANDA VITORINO, Michelli Rosa

Resumo


Este artigo possui o objetivo de investigar as acepções de liberdade sob a ótica apresentada por Thomas Hobbes. Para tanto, adotou-se uma metodologia de leitura embasada na obra Leviatã. Neste esteio, ao longo das linhas deste trabalho, preocupamo-nos em abordar Hobbes sob a sua própria perspectiva, para que assim conseguíssemos extrair o desígnio que motivou o autor a debruçar-se com tanto zelo sobre a importância do exercício das liberdades humanas (realização plena das paixões), da volição (a autonomia da vontade) e do direito de autopreservação. Logo, este artigo propõe uma metodologia de leitura de Hobbes que revisita as suas proposições de estado de natureza e de estado pós-contratual. O trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Brasil (CAPES) - Código de Financiamento 001.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.