Manuais didáticos no contexto das políticas públicas de educação para as relações raciais: em busca pela alteridade do negro brasileiro

Claudemir da Silva Paula, Liliane Pereira de Sousa

Resumo


O trabalho está inserido no âmbito dos estudos sobre as relações raciais e educação,
sob a perspectiva de buscar uma melhor compreensão dos fatores infraescolares responsáveis
pela não valorização do negro e dos elementos afrodescendentes na cultura brasileira. Assim a
análise propõe uma pesquisa bibliográfica de aprofundamento teórico de cunho metodológico
compreensivo  (GUERRA,  2006),  a  partir  da  análise  de  livros  do  componente  Curricular-
História  dos  PNLDs  de  2010  a  2014.  A  análise  aqui  realizada  faz  uma  reflexão  sobre  o
tratamento  dado  aos  elementos  de  obrigatoriedade  da  Lei  10.  639/03,  tendo  também  como
referências as Diretrizes Nacionais para Educação das Relações Étnico Raciais e o Ensino da
História  da  África  e  Cultura  Afro-Brasileira.  Verificando  assim,  as  mudanças,  ou  a  não
existências delas, em relação ao conceito do “ser negro”, como também detectar o tratamento
didático  relativo  à  diversidade  e  a  valorização  da  população  negra  como  partícipes  da
construção  da  identidade  nacional  brasileira.  Os  resultados  encontrados  nos  livros
interpretados  nos  apontam  que,  ocorreram  modificações  significativas  em  relação  às
ilustrações. Ilustrações de negros com traços deformados passaram a não ser mais observadas.
Os  discursos  racistas  nas  ilustrações  foram  em  grande  parte  substituídos  por  discursos
valorativos  em  relação  à  diversidade  racial  brasileira.  Ilustrações  com  estereótipos  deram
lugar a imagens que apresentam o negro em situações mais favoráveis socialmente.

Texto completo:

PDF


INDEXADORES

Logo Latindex    

Logo DIADORIM

contador de visitantes