Ficção e História em Machado de Assis, a serviço de uma visão crítica

Raimundo Ramos de Araújo Junior

Resumo


O artigo  foi escrito para mostrar nuances existentes entre a  ficção e a história em
suas relações com a visão crítica da literatura Machadiana, no contexto de sua vida e obra. O
método de  trabalho  é a  revisão de  literatura, usando obras  teóricas e  literárias. O objetivo  é
mostrar como  se desenvolve a  relação, pensada possivelmente  ser  incestuosa, entre  ficção e
história, e ao mesmo tempo evidenciar o panorama político e seus descaminhos mostrados na
poção literária do “Bruxo do Cosme Velho”. Nas obras de Machado, a memória, a ficção e a
história  formaram  um  só  corpo  compondo  boa  literatura, mas  acrescida  de  crítica  sobre  o
colonialismo  e  escravagismo,  embora  às  vezes  de  forma  velada,  como  condizia  a  um
funcionário da corte.

Texto completo:

PDF


INDEXADORES

Logo Latindex    

Logo DIADORIM

contador de visitantes