A Construção da Cultura Cívica dos Migrantes no Período da Colonização de 1980 em Rondônia

Lilian Maria Moser

Resumo


Este artigo trata do processo de colonização em Rondônia, na década de 1980, a qual  acelerou um intenso processo migratório de pessoas oriundas de vários estados brasileiros, as quais trouxeram em sua bagagem arsenal de valores culturais e tentaram reproduzi-los e vivenciá-los em seu novo ambiente geográfico e social. No entanto, na construção de seu novo espaço estabeleceu-se um conflito intercultural em que o grande norteador perpassou pelo fator econômico, a construção de uma base promissora para sua família e teve como conseqüência o individualismo e a competição. Porém, as dificuldades inerentes ao fator migratório proporcionaram aos migrantes traçarem objetivos comuns, reconstruindo seus valores culturais, articulando-os com o diferente encontrado no outro e formaram a cultura cívica, o Capital Social.

Texto completo:

PDF


INDEXADORES

Logo Latindex    

Logo DIADORIM

contador de visitantes