La quête du lieu et de l’espace originels chez Mohammed Dib dans Tlemcen ou les Lieux de l'écriture

Abdelaziz Amraoui

Resumo


Este trabalho é uma tentativa de explorar a relação da literatura no real e na realidade, o real como uma descrição do que vive na realidade à medida em que a ficção é somente um pretexto para exprimir os conteúdos existenciais que o argelino, em particular o Homem em geral conhece. Nesta entidade a busca de certa identidade e certo passado chega ser significativa para entender os desvios de um presente que se apresenta em sintonia com o que o argelino viveu. Tlemcen ou os Lugares da Escritura, com o alcance diferente do puramente literário oferece ao leitor uma obra de busca. Implicitament propoe o conteudo de certa Argelia que o autor fotógrafo apresenta para permitir ao leitor – expectador de ocnhecer um passado que normalmente nunca dera luz à luz a situação presente na Argélia . É uma pesquisa com bases na mudança histórica que transforma a vida da uma cidade e por extensão de uma nação. Neste livro a fotografia se converte em escritura que tende a fazer o legível algo visível, em uma busca de um tempo e espaço originais. A fotografia de Dib nos coloca na presença da ausência e diante da ausência do passado especialmente em seus aspectos culturais e sociais. A busca do lugar original é a busca de si mesmo ou uma busca do original violentado. O papel da fotografia na historia , as contribuiçoes de Philippe também são explorados neste trabalho.

Texto completo:

PDF


INDEXADORES

Logo Latindex    

Logo DIADORIM

contador de visitantes