THE RELEVANCE OF WRITING PRACTICE TO DEVELOP CRITICAL THINKING

Edison Gomes Junior, Barbara Cristina Gallardo

Resumo


Existe uma tendência pedagógica colocada em prática desde meados da década de 80, momento em que o inglês comunicativo é adotado com mais vigor no Brasil, que enfatiza a habilidade oral contextualizada e a repetição de funções linguísticas. O principal objetivo deste método é o de desenvolver habilidades orais de comunicação fluente. Devido a essa tendência, a atividade da escrita tem sido muitas vezes um exercício pedido para ser realizado fora da sala de aula, ou relegada ao segundo plano do aprendizado de um idioma. Este artigo examina a importância da escrita, que não só é uma ferramenta extremamente útil para o aprendizado de um idioma, como também desenvolve o pensamento critico do aluno. Discutimos algumas diferenças entre o escrever e o falar, a fim de oferecer sugestões de aplicação de exercícios escritos em sala de aula e, assim, contribuir para o desenvolvimento da escrita acadêmica.


Palavras-chave


Habilidades de escrita. Aula de escrita. Atividades de redação. Modo oral e modo escrito.

Texto completo:

PDF