PESQUISA E EDUCAÇÃO DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA: UMA CONTRIBUIÇÃO DA TEORIA DA REPRESENTAÇÃO SOCIAL

José Maria Botelho, Ana Maria de Lima Souza

Resumo


O presente artigo é resultado de uma experiência de pesquisa, planejada como atividade didática, com objetivo de coletar informações sobre o ensino escolar da geografia, a fim de subsidiar a elaboração de projetos para serem realizados pelos acadêmicos no período de estágio supervisionado da disciplina Prática de Ensino de Geografia II, do curso de Geografia, da Universidade Federal de Rondônia. Participaram da pesquisa 109 alunos do ensino médio de uma escola pública na cidade de Porto Velho, Rondônia. O estudo buscou identificar as percepções dos alunos em relação à ciência geográfica, como a percebem no dia a dia, e; suas expectativas em relação à sua aprendizagem. A análise dos dados permitiu observar que os pesquisados apresentaram: a) percepções diferentes sobre o conceito de geografia; b) clareza no entendimento de como a percebem no cotidiano; c) críticas sobre o processo de ensino atual, e; d) perspectivas sobre como gostariam de estudar essa disciplina. O artigo traz reflexões a respeito da contribuição da pesquisa, como recurso científico e didático no processo de educação de professores; ressalta a relevância da abordagem da representação social na prática de pesquisa docente como possibilidade de identificação das dificuldades de ensino e de aprendizagem, das distorções na aprendizagem sob a perspectiva do próprio aluno no decorrer do processo de ensino, permitindo a identificação de caminhos para vencê-las. Ressalta também a contribuição dessa abordagem na identificação e análise de questões sociais e de problemas socioambientais, entre outros, e como um recurso indispensável para a melhoria da prática docente. 


Palavras-chave


Pesquisa e educação de professores; representação social; ensino de geografia.

Texto completo:

PDF


INDEXADORES

Logo Latindex    

Logo DIADORIM

contador de visitantes