“Literatura e História, uni-vos!”: breves considerações sobre o papel da produção literária e historiográfica vistas a partir do materialismo histórico.

Elis da Silva Oliveira, Cíntia Bárbara Paganotto Rodrigues

Resumo


O artigo propõe uma discussão sobre os usos, limitações e aproximações entre História e Literatura, tendo como objetivo analisar a relação entre a produção literária e historiográfica e especialmente o papel desempenhado pelos autores, narrativas e horizontes teóricos construídos nas últimas décadas, problematizados a luz do materialismo histórico. Para isso, estabelece como base de análise as considerações de Terry Eagleton sobre literatura e marxismo, cultura, pós-modernismo e limitações, características e objetivos da produção e da crítica literária; Alfredo Bosi na relação entre Literatura e a História; Eric Hobsbawm sobre o papel da História e da história das identidades; e Antônio Gramsci no que se diz respeito aos conceitos de intelectual e Ciência. Desta forma, argumenta-se sobre a necessidade em problematizar constantemente não apenas o conteúdo e a forma nas quais são produzidos os conhecimentos históricos e literários, como ainda o papel desempenhado pelos profissionais das referidas áreas, de modo a (re)pensar os códigos, significantes, leitores e também aproximar as análises entre texto, contexto, usos e abusos de conceitos (tais como os de cultura, relativismo cultural e identidade), visões de mundo e a responsabilidade ética e política que  historiadores, escritores e críticos literários exercem nas sociedades temporal e espacialmente estabelecidas.

Palavras-chave


Materialismo Histórico; História; Literatura; Conflito.

Texto completo:

PDF


INDEXADORES

Logo Latindex    

Logo DIADORIM

contador de visitantes