Uma análise do livro o diário das eras: entre-lugar, mitos e representações

Daniele Teresa Samora, Miguel Nenevé, Sonia Maria Sampaio Sampaio

Resumo


O presente trabalho objetiva analisar o livro O diário das eras, de Marcos Morasck, observando os seguintes aspectos na construção da narrativa: a função-autor, o processo de deslocamento e migração, a formação da identidade do sujeito no entre-lugar e os mitos e representações presentes na obra. Para tal, analisaremos a materialidade textual do livro O diário das eras. Os resultados nos permitem afirmar que o sujeito de fronteira representa, na obra de Marcos Morasck, a identidade do entre-lugar.


Palavras-chave


Autoria. Entre – lugar. Mitos e representações.

Texto completo:

PDF


INDEXADORES

Logo Latindex    

Logo DIADORIM

contador de visitantes