Literatura, música e cinema: linguagens em “inter-ação” na obra o invasor, de Marçal Aquino e Beto Brant

Maria do Céu Vaz

Resumo


A proposta é analisar, por mirada preliminar, o entrelaçamento entre literatura, cinema e música na composição da linha central narrativa do livro O Invasor, de Marçal Aquino, e da adaptação cinematográfica por Beto Brant. O problema de pesquisa constrói-se pela forma como escritor e diretor utilizam as linguagens verbal e audiovisual, respectivamente, com vistas a acentuar a construção de sentidos pelas diferentes linguagens. Do ponto de vista teórico, orienta-se pela compreensão da linguagem como forma ou processo dialógico, na concepção de Bakthin, que permite analisar a relação proposta. A hipótese norteadora do trabalho é que, apesar de distintos, livro e filme confirmam, cada qual a partir de seus suportes, um traço que os aproxima: a possibilidade de narrar histórias.


Palavras-chave


Linguagem. Literatura Contemporânea. Cinema Dialogismo

Texto completo:

PDF


INDEXADORES

Logo Latindex    

Logo DIADORIM

contador de visitantes