Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A revista Cultura & Fronteiras publica resultados de estudos, pesquisas e reflexões sobre práticas ou debates acerca dos temas Currículo, Ensino, Políticas Públicas, Linguagens, Literatura, História, Formação Docente e Espaços Escolares. Em sua especificidade, a revista Cultura & Fronteiras busca publicar pesquisas realizadas sobre a Amazônia Transfronteiriça com o objetivo de contribuir para o empoderamento científico e o fortalecimento da pesquisa na Amazônia. Os trabalhos submetidos devem compor a forma de artigos, ensaios, entrevistas resenhas e relatos de experiências. ARTIGOS A revista Cultura & Fronteiras reconhece dois tipos de artigos científicos que são definidos pela NBR 6022/ABNT como a "parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute ideias, métodos, técnicas, processos e resultados". Os dois tipos de artigos são: a) Artigo original que apresenta temas ou abordagens próprias, relata resultados de pesquisa e b) Artigo de revisão que resume, analisa e discute informações já publicadas e é resultado de pesquisa bibliográfica. Seção principal da revista, para artigos originais e inéditos, preferencialmente adotando o modelo de documento. A autoria de trabalhos deverá ser de pesquisadores com no mínimo graduação. Os autores devem estar vinculados a grupo de pesquisa Por originais e inéditos, entende-se que os trabalhos NÃO foram publicados e não estão sendo avaliados para publicação em outro suporte estão sendo avaliados para publicação em nenhum outro suporte. RESENHAS É um resumo crítico, por especialista, do conteúdo de um livro, avaliando e emitindo opinião, apresentando breve resumo e informações sobre a autoria e a temática (ABNT 6028). Pode-se fazer também resenha de outro tipo de obras como filmes e artes plásticas. Aceita-se também resumo informativo, apresentando dados sobre a autoria e sobre as principais ideias de uma obra, sem avaliação. As recensões são resenhas de uma edição, dentre várias, de uma mesma obra. As resenhas de livros devem ter relação com a temáticas da revista e tamanho entre 3 e 5 laudas (até 10.000 caracteres com espaços) e apresentar: nome do autor do livro (e tradutor, se relevante), título, cidade, editora, ano da publicação, número de páginas e, se houver, título do livro traduzido para o inglês. Os elementos de identificação do autor da resenha serão registrados nos metadados, na submissão: filiação institucional, resumo da biografia e titulação máxima, e-mail, endereço para correspondência. As resenhas são avaliadas por membro da Comissão, pelo editor de seção e editor. As resenhas devem se referir a obras recentes com no máximo 2 anos de publicação. No caso de livros publicados em língua estrangeira esse tempo poderá ser reavaliado pelos editores.

 

Políticas de Seção

Artigos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

ESPECIAL

Sessão específica para autores convidados

Editores
  • Gislaina Freitas Santos
  • Rosely Roca
  • Pricila Suarez Carvallo
Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

PROCESSO DE AVALIAÇÃO PELOS PARES Os trabalhos recebidos para publicação são encaminhados, sem identificação de autoria, ao julgamento de pareceristas designados pelo Conselho Editorial. A seleção dos artigos parte do princípio da contribuição ao escopo editorial da revista, da originalidade do tema ou do tratamento dado ao mesmo e da consistência e o rigor da abordagem teórica e/ou empírica. As ideias e opiniões expressas nos artigos são de exclusiva responsabilidade dos autores, não refletindo, necessariamente, a opinião da Revista. Os trabalhos são avaliados por no mínimo dois ou até três membros designados pelo Conselho Editorial, podendo ser encaminhados a avaliadores ad hoc, em processo de "blind peer review" (revisão cega por pares), sendo necessários dois pareceres favoráveis para publicação. A publicação de um artigo implica, automaticamente, a cessão integral dos direitos autorais para a primeira edição. O prazo de tramitação entre a submissão e a decisão editorial é, em média, de quatro meses. O tempo para a resposta (aceitação ou recusa) pode, porém, variar conforme a complexidade das avaliações e modificações feitas e o volume da pauta editorial da Revista. As datas do recebimento e da aprovação de cada colaboração serão registradas na publicação. Cabe ao Conselho Editorial definir os critérios para reunir os artigos já aprovados em cada número da Revista, independentemente da ordem cronológica de recebimento e aprovação. A revista dá-se o direito de não publicar mais que um artigo de mesma autoria em uma mesma edição. Se mesmos autores submeterem mais que um artigo durante o processamento de uma edição (anual), somente o primeiro será mantido, sendo os demais arquivados. A revista também não estará obrigada a comunicar o arquivamento nestes casos. Manuscritos submetidos e que não estejam de acordo com as normas de publicação do periódico serão arquivados

 

Periodicidade

A Revista Culturas & Fronteiras publica semestralmente artigos ensaios, debates, entrevistas resenhas, inéditos em Português, Espanhol e Inglês, que abordem temas sobre Currículo, Ensino, Políticas Públicas, Formação docente, Espaços escolares, Linguagens, História, Memória e Literaturas em áreas de fronteira, que contribuam para o recrudescimento do debate educacional na Amazônia Transfronteiriça.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.