O místico no Tractatus de Wittgenstein

Paulo Alexandre e Castro

Resumo


Resumo

Pretende-se com este ensaio criar um lugar de esclarecimento para apresentar um outro Wittgenstein, isto é, para apresentar no quadro da filosofia da linguagem presente na obra maior, o Tractatus Logico-Philosophicus, a possibilidade de uma outra linguagem. Não pretendemos expor o Wittgenstein dito lógico, o prelector agressivo de deduções espontâneas mas sim, mas um Wittgenstein pensador do mundo e da linguagem que diz esse mesmo mundo. Ora, no mundo humano o místico ocupa um lugar no conjunto de crenças, o que implica por sua vez uma linguagem para o dizer ou para o permitir mostrar. Assim, Wittgenstein encontra no místico o lugar de eleição de uma linguagem que o situa fora do contexto pragmático do Tractatus e mesmo dos jogos da linguagem, e é sobre esse místico e sobre o alcance que obtém na filosofia da linguagem que este ensaio se debruça.

 

Abstract

The aim of this paper to create a place of clarification to present another Wittgenstein, that is, to establish in the framework of the philosophy of this language in his greatest work, the Tractatus Logico-Philosophicus, the possibility of another language that goes far beyond the mere enunciation of propositions. We do not intend to expose the Wittgenstein said to be logical, the aggressive lecturer of spontaneous deductions but the Wittgenstein as a world thinker and about the language that says this same world. Well, in the human world the mystical occupies a place on the set of beliefs, which in turn implies a language to say or to allow a display. Thus, Wittgenstein finds in the mystical a place of election of a language that is outside the pragmatic context of the Tractatus and even of language games, and it is about this mystic and the range that gets in the philosophy of language that this essay focuses.

 

Key words:Wittgenstein; Mystical; Language; World; God.

Palavras-chave


Místico; Linguagem; Mundo; Wittgenstein; Deus

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.