Contribuições da psicologia para a compreensão das relações entre a espiritualidade, a religiosidade e as experiências anômalas

Fátima Regina Machado, Wellington Zangari, Everton de Oliveira Maraldi, Leonardo Breno Martins, Alessandro Hideki Shimabucuro

Resumo


Em todas as épocas e culturas investigadas, há relatos de experiências insólitas, hoje conhecidas academicamente como experiências anômalas. Contudo, ainda há muita controvérsia e lacunas de conhecimento sobre elas e sobre suas relações com espiritualidade, religiosidade e temas tradicionais da psicologia como atitudes, percepção, correlatos neuronais e influência social. O assunto tem grande relevância para a psicologia e para áreas afins não unicamente por tais lacunas, mas por essas experiências apresentarem grandes implicações sociais e clínicas, como ao considerarmos seu papel nevrálgico em diversos contextos sociais e o diagnóstico diferencial entre elas e transtornos mentais. À guisa de síntese, este capítulo discute diversas interfaces entre experiências anômalas, espiritualidade, religiosidade e construção de conhecimento em psicologia, ressaltando suas controvérsias e direções promissoras.


Palavras-chave


espiritualidade, religiosidade, experiências anômalas, psicologia, filosofia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.