O problema do Nada e sua relação com a liberdade humana em Sartre

Vinicius Xavier Hoste

Resumo


Sartre opera em sua obra O Ser e o Nada uma divisão do Ser em duas diferentes regiões: o Ser-Para-si, que é o ser da consciência, e o Ser-Em-si, que é o ser do fenômeno. O intento deste artigo é investigar a relação que essas duas regiões mantêm entre si e, a partir disso, desvelar o que significa para Sartre a liberdade humana. Para isso investigaremos certas condutas humanas que possam revelar essa relação. Como consequência desse primeiro questionamento, seremos levados a investigar também que significado Sartre dá ao Nada, já que Ele se mostrará em todas essas condutas. Veremos então que esse Nada, inserido no mundo pelo homem, acaba por afetar a própria realidade humana: é nesse ponto que mostraremos, finalmente, como o Nada está diretamente ligado à concepção sartreana de liberdade.


Palavras-chave


Consciência. Nada. Liberdade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.