AS DIFICULDADES DOS JOVENS HAITIANOS NO PROCESSO EDUCATIVO NA SÉRIE FUNDAMENTAL: ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO – EEEFM DO PROF. ORLANDO FREIRE

Charlot Jn Charles, Josué da Costa Silva

Resumo


Este estudo analisou os problemas enfrentados pelos alunos haitianos durante os primeiros meses de contato com a língua portuguesa no ensino fundamental da escola Orlando Freire. O objetivo foi identificar e analisar as dificuldades encontradas os quatro (4) haitianos durante o primeiro ano no ensino fundamental, na escola Orlando Freire, Porto Velho Rondônia Brasil. A presente pesquisa foi realizada mediante o uso da metodologia de “História Oral” proposta por Meihy (2005) contando com a participação de quatro (4) alunos haitianos, dois discentes brasileiros e dois (2) professores de língua portuguesa, do ensino fundamental no período matutino da escola Orlando Freire, localizada na cidade de Porto Velho, Rondônia/Brasil. Através das pesquisas realizadas com alunos e professores, identificamos a necessidade de uma capacitação para os alunos haitianos na língua portuguesa, visto que a língua portuguesa é fator primordial para entender todas as disciplinas estudadas no processo de aprendizagem dos educandos. Além disso, é preciso que eles sejam instruídos para entender com mais nitidez o funcionamento do sistema educativo brasileiro. Salutar a compreensão que, no processo do aprendizado os professores levem em consideração, a compreensão dos alunos estrangeiros durante o processo de adaptação e integração no ambiente escolar.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.36026/rpgeo.v6i1.4495

INDEXADORES E BASE DE DADOS:

                                    

 

         

  

 

APOIO:

  

Revista Presença Geográfica (RPGeo): ISSN 2446-6646