IMIGRAÇÕES ESTRANGEIRAS PARA A BELLE ÉPOQUE AMAZÔNICA A BORDO DA LIGURE BRASILIANA: HISTÓRIAS, MITOS E UTOPIAS

Leno José Barata Souza

Resumo


O artigo, partindo dos planos e ações da Società di Navigazione Ligure Brasiliana, empresa de navegação a vapor italiana que prestou serviços no Norte do Brasil de 1897 a 1904, pretende oferecer um panorama sobre imigrações de europeus para o estado do Amazonas entre os últimos anos do século XIX e primeiros do século XX, contexto da chamada belle époque amazônica propiciada pela exploração do látex, quando o Amazonas se tornou o centro mundial de exportação de borracha. A Ligure Brasiliana fazia ligação entre a cidade de Gênova na Itália e Manaus, capital do Amazonas, com escala em vários portos pelo Mediterrâneo e da qual se serviram diferentes povos para desembarcarem no Norte do Brasil na condição de imigrantes trabalhadores. Imigração que foi uma das principais razões que levou a fundação da companhia em Gênova e a sua subvenção pelo estado do Amazonas. Para tanto, confrontaremos diferentes fontes impressas e historiografia especifica de forma a construir o panorama desejado.


Palavras-chave


Ligure Brasiliana, imigração, Amazonas, Manaus da borracha.

Texto completo:

PDF


Resultado de imagem para PROPESQ UNIR