A ARQUEOLOGIA FICCIONAL DE AS MINAS DE PRATA: UM ROMANCE BRASILEIRO DE CAPA E ESPADA

Geisa Mueller

Resumo


O objetivo deste ensaio é demonstrar a relação entre a escritura do romance As minas de prata (1865-1866), de José de Alencar, e o historicismo oitocentista. Sob este aspecto, analisaremos o conceito de “paisagem-só-natureza”, elaborado por Flora Süssekind, à luz dos elementos romanescos.


Palavras-chave


Romantismo; José de Alencar; As minas de prata; Historicismo oitocentista

Texto completo:

PDF