A FICCIONALIZAÇÃO DA HISTÓRIA NO ROMANCE AS HORAS NUAS, DE LYGIA FAGUNDES TELLES

João Pedro Rodrigues Santos, Regina Kohlrausch

Resumo


Neste trabalho apresentamos uma reflexão sobre o processo de ficcionalização de eventos históricos apresentado no romance As horas nuas, da escritora brasileira Lygia Fagundes Telles, que foi publicado em 1989. Nosso estudo, que teve como arcabouço teórico os pressupostos de Paul Ricoeur, aponta que a literatura e a história experimentam de forma geral, e em especial nessa obra analisada, uma intensa simbiose. Em síntese, há história na literatura e há literatura na história. Essa troca mostra-se enriquecedora para ambas as disciplinas.


Texto completo:

PDF