A CIDADE NA MIRA DOS SANITARISTAS: DESDOBRAMENTOS DA BIOPOLÍTICA (JACOBINA –BAHIA- 1955-1960)

Edson Silva

Resumo


O objetivo do presente artigo foi descrever e analisar a atuação dos médicos do Distrito Sanitário de Jacobina entre os anos de 1955 e 1960. Através de notas veiculadas no jornal Vanguarda e de textos publicados pelos médicos, buscamos examinar as práticas dos sanitaristas na cidade, situando-as enquanto uma ação biopolítica. Naqueles anos ocuparam a função de diretor do Distrito Sanitário da cidade os médicos Evandro Campos de Oliveira e Raimundo Diniz Veloso. A atuação desses operavam no seguinte movimento estratégico, de um lado, os médicos sanitaristas disseminaram uma campanha de educação sanitária, através de textos veiculados no jornal Vanguarda, de falas no serviço de alto-falantes e de eventos públicos, como palestras e exibição de filme. Por outro, executavam medidas de normatização e fiscalização das condições de higiene das moradias e estabelecimentos comerciais, dos alimentos e das condições de saúde dos empregados. 


Palavras-chave


cidade; sanitarismo; biopolítica

Texto completo:

PDF