RELIGIÃO E CAPITALISMO: LUGARES FORMATIVOS DA CONSCIÊNCIA HISTÓRICA

Emerson de Arruda

Resumo


Neste ensaio é analisado como capitalismo e a religião se constituem lugares sociais na formação da consciência histórica de determinados indivíduos e o modo que estes experimentam e significam o tempo histórico. Tal perspectiva nos conduz ao estudo da definição do capital a partir do horizonte marxista e ao exame do lugar social na operação historiográfica de Michel de Certeau. O intercâmbio entre esses dois conceitos teóricos nos dará condições de perceber como aspectos imanentes e transcendentes presentes na cultura humana definem a relação significante e significativa de inúmeras pessoas com os fenômenos sociais e temporais da vida humana. 


Palavras-chave


Capitalismo. Religião. Lugar social. Consciência histórica.Materialismo.

Texto completo:

PDF


Resultado de imagem para PROPESQ UNIR