A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA E O HOSPITAL DOS ALIENADOS EDUARDO RIBEIRO: MULHERES RECOLHIDAS PARA SEREM TRATADAS (1880-1926)

Maria de Jesus do Carmo de Araújo

Resumo


Na virada do século XIX para o XX, o país passava por mudanças drásticas na política nacional, isso interferiria diretamente não apenas na política, mas também em ações de saúde pública no Brasil. Manaus vivenciou na passagem do século, um boom econômico estimulado pela exportação da borracha, o que modificaria a cidade socialmente e culturalmente, no intuito de tornar-se moderna, uma série de medidas foram tomadas para que a cidade se apresentasse harmoniosa, para isso a cidade sofreu uma série de processos incluído a expulsão de pobres e trabalhadores da área central da cidade, recolhimento de indigentes e alienados das ruas, para que esses doentes não contaminasse os demais. Nesse processo a Santa Casa de Misericórdia e o Hospital dos Alienados Eduardo Ribeiro acabaram por acolher doentes de todo o tipo, entre eles a figura do alienado e da mulher, como o alienado da virada do século não era apenas de forma patológica, mas de moral e bons costumes, essas instituições vão exercer o papel de instituição de caridade.

Texto completo:

PDF