A POLÍTICA DE MIGRAÇÃO E COLONIZAÇÃO NA AMAZÔNIA E EM RONDÔNIA E AS DIVERSAS FORMAS DE SE PENSAR ESTA REGIÃO SOB OS VIÉS POLÍTICO E ECONÔMICO

Maria Aparecida da Silva, Odete Burgeile

Resumo


Este artigo propõe-se a discorrer sobre a migração para a Amazônia, centrando de modo particular o Estado de Rondônia a partir das discussões propostas por autores que abordam esta temática. Como Rondônia está situada na Amazônia, um mosaico de culturas, pesquisas de todos os gêneros podem proporcionar uma compreensão aproximada de sua variadíssima composição cultural tendo em vista os diversos grupos que ocuparam e vêm ao logo do tempo utilizando-se deste espaço respondendo a necessidade econômica, política e social. Isso é nítido desde a presença dos primeiros grupos indígenas há mais de cinco mil anos, a chegada dos europeus, a construção do Real Forte Príncipe da Beira, das Linhas Telegráficas de Rondon, a descoberta da cassiterita e do ouro; a construção da BR 364 e os Projetos de Colonização na Amazônia. Todos eles proporcionaram os Movimentos Migratórios com objetivos diversos em relação aos interesses relacionados à mudança de vida, questões econômicas e sociais em espaços geográficos distintos da Amazônia.

Palavras-chave


migração, projetos de colonização, identidade, composição cultural.

Texto completo:

PDF