Propostas de intervenção pedagógica de estagiários para o ensino de biologia em escolas públicas de Porto Velho

Rafael Fonseca de Castro, Anjo Gabriel Carvalho, Hevelyn Plácido de Brito, Geísa Berbet, Kellen Kitten Cordeiro da Cunha

Resumo


Este artigo objetiva descrever e apresentar as impressões de estudantes de escolas sobre um movimento interdisciplinar realizado no Curso de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Rondônia, entre as disciplinas de Didática e Estágio Supervisionado, que culminou onze intervenções pedagógicas em escolas públicas de Porto Velho. As intervenções se basearam na perspectiva epistemológico-metodológica defendida por Magda Damiani e colaboradores, cujo objetivo é gerar conhecimento para a aplicação prática e/ou dirigidos à superação de problemas educacionais específicos. Esses pesquisadores defendem o uso do termo intervenção para denominar pesquisas educacionais que se baseiam em mudanças em processos pedagógicos, com base em um referencial teórico e com o propósito de potencializar tais processos, avaliados ao final. Cinco intervenções capturaram as impressões dos sujeitos (os alunos dos estagiários), coletadas por meio de questionários e analisados via análise textual discursiva. As impressões dos sujeitos sobre as propostas didáticas indicaram: 1. recepção positiva dos estudantes às aulas práticas e às diferentes didáticas propostas pelos acadêmicos-estagiários; 2. motivação em participarem das feiras de ciências e das atividades de conscientização ambiental. Os resultados corroboram a defesa dos autores sobre a importância da diversidade didática nas aulas de Biologia para despertar maior interesse dos estudantes e promover aprendizagens significativas.


Palavras-chave


Intervenção pedagógica. Didática. Estágio. Biologia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26568/2359-2087.2018.3226



Direitos autorais 2018 EDUCA - Revista Multidisciplinar em Educação



Revista EDUCA     |     e-ISSN 2359-2087     |     DOI https://doi.org/10.26568

A Revista Educa é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto.

Educa Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Educa es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.