Oralidade e a linguagem musical: encontros e desencontros na educação infantil

Ezenice Costa de Freitas Bezerra, Telma Cristina Martins dos Santos, Juracy Machado Pacífico

Resumo


Este artigo aborda a relação da oralidade com a linguagem musical e objetivou apresentar propostas que auxiliem no desenvolvimento da criança na Educação Infantil. Foi desenvolvido a partir de estudos bibliográficos e do Referencial Curricular para a Educação para a Educação Infantil (BRASIL, 1998) em discussão com abordagens de pedagogos e educadores musicais como Baptista (2010), Coutinho (2007), Godoi (2011), Nascimento (2007), Mores (2002), Pereira (2011), Schroeder (2011), Soares (2016), Swanwick (2003), Schafer (1991) e Jeandot (1990), além de textos de revistas que enfatizam a Educação Infantil. Os resultados apontam que a junção da oralidade com a linguagem musical constitui um dueto de sucesso no ambiente escolar com as crianças, existindo ainda muitos desafios a serem transpostos neste processo.


Palavras-chave


Palavras Chave: Oralidade. Educação Musical. Educação Infantil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26568/2359-2087.2017.2959

Rev. EDUCA e -ISSN 2359-2087

Indexada em:
                                       


contador de acesso grátis