Escolas públicas matogrossenses no início da república brasileira (1889-1908)

Nilce Vieira Campos Ferreira, Yésica Paola Montes Geles

Resumo


Privilegiamos como recorte temporal e espacial os anos de 1889-1908,no município de Cuiabá, Mato Grosso, Brasil, tendo como especificidades a organização das atividades pedagógicas cotidianas em salas de aula, e objetivamos analisar como estava organizada a instrução pública mato-grossense no período em estudo. Trazemos as seguintes problemáticas a serem investigadas: a defesa da escola pública moderna apresentou consonância ao modelo de escola instituído em Cuiabá? As escolas públicas cuiabanas eram subsidiadas por materiais didáticos e infraestrutura adequada ao desenvolvimento das atividades em sala de aula? Utilizamos como fontes históricas oficiais as Mensagens dos Presidentes de Estado, leis e decretos referentes à instrução pública primária; relatórios da instrução pública. Ressalvamos que em 1889, ano da Proclamação da República Brasileira, persistiam problemas existentes nas escolas mato-grossenses como a precariedade e ausência de recursos didáticos; inexistência de profissionais habilitados, assuntos reiteradamente expostos nas mensagens emitidas pelos governantes.


Palavras-chave


Descentralização do ensino. Instrução Pública. História da Educação mato-grossense.

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: https://doi.org/10.26568/2359-2087.2017.2956

Rev. EDUCA e -ISSN 2359-2087

Indexada em:
                                         

Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons - CC BY-NC-ND 4.0

contador de acesso grátis