É possível implantar a classe hospitalar? O lugar do pedagogo no sistema de saúde

Leonardo Mendes Bezerra

Resumo


A Constituição Federal do Brasil de 1988, em seu artigo 205, declara que a educação é um direito de todos e dever do Estado e da família. Diante disto, destaca-se a importância da classe hospitalar como forma de acesso a educação para aqueles que estão impossibilitados de frequentar a escolar no ensino regular. O objetivo geral deste artigo é apresentar e discutir as etapas para a implantação e para o funcionamento da classe hospitalar. Agrega-se a esse propósito, avaliar a relevância da atuação do pedagogo na classe hospitalar. Os resultados apontam que para implantar uma classe hospitalar é preciso executar os seguintes procedimentos: o estabelecimento de parcerias entre secretaria de saúde e educação; parceria entre as escolas e o hospital; adaptação do ambiente hospitalar; adaptação dos recursos didático-pedagógicos; coordenação da classe hospitalar, e por último os colaboradores que trabalharão na equipe de colaboradores que são o professor-coordenador ou o pedagogo hospitalar, o professor e os profissionais de apoio. Contudo, conhecer as condições para o desenvolvimento da educação, por meio da implantação da classe hospitalar, é proporcionar aprendizado à diversidade de alunos que estão em situações de vulnerabilidade na saúde. 


Palavras-chave


Pedagogia Hospitalar. Direito à Educação. Acessibilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26568/2359-2087.2019.2880



Direitos autorais 2019 EDUCA - Revista Multidisciplinar em Educação



Revista EDUCA     |     e-ISSN 2359-2087     |     DOI https://doi.org/10.26568

A Revista Educa é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto.

Educa Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Educa es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.