Hábitos dos adolescentes quanto ao uso das mídias digitais

Cássia Rejane Balvedi Zancan, Cineiva Campoli Paulino Tono

Resumo


Esta pesquisa busca apresentar e analisar as mudanças comportamentais das últimas décadas, a partir da influência das tecnologias digitais, observando-se os aspectos positivos e negativos da questão e, consequentemente, o que isso tem provocado na sociedade, e na família, e quais seriam as soluções apresentadas quanto ao uso excessivo e/ou indiscriminado das mídias digitais, seus impactos nos hábitos de vida dos adolescentes, assim como a implicação nos estudos, os transtornos que têm causado à saúde, entre outros. A metodologia adotada é descritiva, bibliográfica, com enfoque qualitativo, complementada por dados quantitativos. A coleta de dados se deu em 4 colégios estaduais de Francisco Beltrão-PR, sendo 2 colégios abaixo da média e 2 acima da média proposta pelo IDEB, sendo este um critério que foi usado apenas para selecionar as escolas pesquisadas. O público estudado consistiu em 336 adolescentes e 17 professores. O prognóstico evidencia motivo de preocupação e necessidade emergente de conscientização da sociedade quanto aos impactos biopsicossociais de uso das tecnologias digitais. Aponta-se, com isso, a necessidade emergente de mudanças na prática pedagógica, nos métodos de ensino e muito mais na gestão escolar dos recursos disponíveis, sobretudo os tecnológicos.


Palavras-chave


Jogos on-line. Celular. Internet. Adolescente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26568/2359-2087.2018.2647



Direitos autorais 2018 EDUCA - Revista Multidisciplinar em Educação



Revista EDUCA     |     e-ISSN 2359-2087     |     DOI https://doi.org/10.26568

A Revista Educa é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto.

Educa Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Educa es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.