Mobilizações em prol da instrução pública: Cuiabá/MT no início da República Brasileira

Nilce Vieira Campos Ferreira, Caroline Stefany Martis de Barros, Daniella Jesus Fialho de Arruda, Thais Priscila Marques

Resumo


Neste texto objetivamos investigar os primórdios da educação pública no estado de Mato Grosso, especificamente considerando a realidade da educação no município de Cuiabá. Para isso, coletamos, digitalizamos e transcrevemos as atas da Câmara Municipal de Cuiabá dos anos de 1889 e 1902. Após a transcrição das atas das sessões solenes da câmara, procedemos à elaboração de fichas e sínteses dos assuntos tratados em cada reunião parlamentar.Ao investigar se havia mobilizações em prol da educação pública promovida pela Câmara Municipal na história do município cuiabano, identificamos que o estado mato-grossense, premido por problemas econômicos ou pelo simples descaso que a elite governamental devotava às classes populares e seus anseios, seguiu a trajetória que vinha desde os anos anteriores à instalação da República quando ainda vigorava o regime imperial manteve a população distanciada do acesso à educação. Além disso, houve um rematado descaso da responsabilidade com a educação tanto por parte do estado como do município. 


Palavras-chave


Instrução Pública. República. Atas da Câmara Municipal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26568/2359-2087.2015.2302



Direitos autorais



Revista EDUCA     |     e-ISSN 2359-2087     |     DOI https://doi.org/10.26568

A Revista Educa é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto.

Educa Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Educa es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.