O cenário da pesquisa na educação superior brasileira: alguns apontamentos históricos

Richéle Timm dos Passos da Silva

Resumo


 

 Diante dos desafios colocados à Universidade do século XXI oriundos das transformações científicas, tecnológicas, econômicas, políticas e sociais, novas exigências e demandas são feitas à Universidade, incumbindo-lhe uma nova postura e um constante pensar-se. Cabe a Universidade rever sobre e com a sociedade as questões sociais que respondam ao anseio por encontrarmos possibilidades de uma Universidade mais democrática, autônoma, crítica, inventiva e humana que resulte na melhoria da qualidade da educação no ensino superior. Para isso, é necessário repensar suas funções de ensino-pesquisa-extensão, seu papel social e político utilizando dos avanços científicos e tecnológicos com o propósito de promover a inclusão social dos sujeitos, capacitando-os como cidadãos conscientes neste mundo globalizado. No Brasil, a atividade de pesquisa que se dá em instituição universitária tal qual como hoje conhecemos, pode ser considerada recente datando a partir de fontes publicadas ao longo das décadas de 70 e 80. Abordaremos neste texto, reflexões referente a atividade da pesquisa apresentando aspectos relacionados a sua historicidade, base legal, normativa e diretiva que regulam essa função na universidade brasileira. Entendemos que para produzirmos pesquisas em nossas instituições é de suma importância conhecermos esse cenário operacional bem como as questões que por ele perpassam a fim de que possamos realizar a função de pesquisadores, conscientes das condições e possibilidades bem como dos desafios a enfrentar.


Palavras-chave


Universidade. Pesquisa. Sociedade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26568/2359-2087.2014.1189



Direitos autorais



Revista EDUCA     |     e-ISSN 2359-2087     |     DOI https://doi.org/10.26568

A Revista Educa é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto.

Educa Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Educa es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.